Semana dos títulos: Bridget Jones

Resultado de imagem para bridget jones filmes

O filme dessa semana que eu peguei pra estrear a semana dos títulos, com filmes não muito novos, e franqueados (mas que são muito bons), foi o da Bridget Jones, essa trilogia querida, que até então eu não via flores, mas depois de passar um final de semana inteiro assistindo, eu estou completamente apaixonada por esse filme: 3.

Filme 1: O diário de Bridget Jones de 2001

Resultado de imagem para o diário de bridget jones filme

O longa é uma comédia romântica que conta a história de uma mulher no auge dos seus trinta anos, que sonha em ter uma família e se casar. Bridget Jones (Renée Zellweger) jornalista, solteirona e independente, decide então escrever no seu diário os acontecimentos que a cercam sobre o amor e a família. Bridget revela, a cada capítulo, as suas qualidades e os seus defeitos, além de expor com muitas pitadas de humor situações que fazem parte do dia-a-dia de várias mulheres nesta mesma faixa de idade: problemas com o trabalho, a busca do homem ideal etc. Cada cena do filme trata de um determinado dia na vida de Bridget Jones, que sempre inicia o seu relato medindo o peso e as calorias, cigarros e unidades alcoólicas que consumiu no dia anterior, sempre repetindo mentalmente que tem que parar de fumar (sem parar de fumar) e conquistar seu homem ideal. Apaixonada, e extremamente divida entre seu chefe Daniel Cleaver (High Grant) e um amigo de infância, Mark Darcy ( Colin Firth), trabalho em recursos humanos, ela vive altas e hilariantes loucuras.

 

Filme 2: Bridget Jones, no limite da razão de 2004

Resultado de imagem para bridget jones no limite da razão

Neste filme, continuação do primeiro lançado em  2001, permanece os mesmo atores, a mudar apenas o foco da história. Decidida em impor  limites em  seus relacionamentos e reconstruir um rumo para sua carreira e trabalho, Bridget, sai do seu emprego na redação onde trabalhava (filme anterior), assediada pelo seu ex-chefe, com quem tinha uma relação fora do trabalho, decide procurar um novo emprego em um canal de televisão. No filme 2, Daniel decide seguir a mesma carreira que Bridget, não deixando ela em paz, e ela já começa engatada num relacionamento com seu único e verdadeiro amor Mark Darcy (Colin Firfth). Envolvida com o novo amor , ela viaja para férias, convidada por Mark, para esquiar, onde acontece uma série de desencontros e brigas. Eles terminam se separando e Bridget segue uma viagem à trabalho junto de sua melhor amiga e Daniel Cleaver, onde arruma mais confusão para sua vida. Ela termina em uma cama com seu ex-chefe reafirmando que ele é mulherengo e acaba em uma prisão feminina, com tailandesas em um super mal entendido. Bridget escapa da prisão e termina se encontrando com seu grande amor ao qual a pede em casamento e a liberta.

Resultado de imagem para bridget jones no limite da razão

Cena de Bridget Jones na Tailândia no meio do oceano drogada.

 

Filme 3: O bebê de Bridget Jones de 2016

Imagem relacionada

 

Esse último filme é pra chorar de verdade, e é a resolução dos últimos filmes: uma despedida à Bridget Jones. Não ela não morreu, e também não saberemos se terá o próximo pela mensagem que eles deixam crer no final do filme.Nesse último filme, os atores principais que foram sempre os mesmos durante os dois últimos filmes mudaram. Bridget se separou do seu noivo e está para completar 43 anos. Ela como em todos os outros filmes começa sozinha. E sempre vai visitar seus pais, só que nesse já começa engraçado, com sua mãe tentando acessar o facetime do iphone. O que já modifica pela era tecnológica do novo filme em comparação com os anteriores. Vivemos em um mundo diferente e o filme acompanha essa linha de trajetória.  Por destino trágico da vida o chefe mulherengo por quem sempre teve uma queda por Bridget e por outras mulheres americanas, faleceu em um acidente de avião, seu ex-chefe do primeiro filme , então, ela acaba embarcando para uma delirante viagem que a levará a conhecer uma outra pessoa. Depois dessa viagem, surpreendentemente nossa Bridget Jones engravida, e aí que está o x da questão. Quem é o pai do filho de Bridget Jones?, agora Bridget não é mais uma repórter desengonçada, e a trama circula entre o trio Jack (Patrick Dempsey), Mark Darcy (Colin Firfth) e Bridget Jones (Renée Zellweger), e a luta para descobrir e revelar quem é o pai do seu filho.

Uma novidade é que, o roteiro de início pelo site Omelete, não era esse. O ator que fazia o papel de garanhão Daniel Cleaver (Hugh Grant) não aceitou participar do filme , pois o achou um pouco fraco. O filme foi escrito por Dan Mazer, Emma Thompson, e Helen Filding ( a criadora dos personagens).

Outra percepção que tive, e que vi e

Imagem relacionada

m algumas críticas por aí de outros sites, é que o desfecho desse último filme era totalmente previsível, o que não achei de verdade. Achei o filme bastante emocionante e chorei muito no final. Bastante engraçado como os outros mas com um pouco mais de drama no final. Não conto mais pois é –alerta de spoiller-.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s