Filme A garota no trem ( The girl on the train)

Resultado de imagem para a garota no trem

O filme A garota no trem é baseado na obra da escritora Paula Hawkins, que inclusive demorei uma vida para terminá-lo. Teve a direção de Tate Taylor, dos aclamados filmes Planetas dos macacos (2001), Histórias cruzadas (2011), James Brown (2014) e entre outras obras. E contou com o brilhante elenco:

Emily Blunt como a  protagonista Rachel Watson, Rebecca Ferguson no papel de  Anna, Haley Bennett interpretando a Megan (babá da Anna),  Justin Theroux no papel do louco Tom,  Luke Evans, como Scott, Allison Janney, a Detetive Riley, Édgar Ramírez no papel do psicólogo, Dr. Kamal Abdic, Lisa Kudrow, a amiga de trabalho de Tom, a  Martha que aparece pouco na trama, a atriz Laura Prepon, a amiga que acolhe Rachel na sua pior fase , atuando como Cathy.

Resultado de imagem para a garota no trem

O filme se passa com Rachel a protagonista do enredo, que aparece na maioria das cenas dentro de um trem que a leva sempre pra casa (bêbada por se separar do seu ex-marido). Ela se encontra envolvida em uma trama onde o seu ex-marido que a traiu com outra mulher (Anna), tem um caso repentino com a babá da criança (Megan) que está ligada ao seu terapeuta, Dr. Kamal Abdic, da sua atual esposa Anna. Rachel, que não consegue superar a traição de Tom, e está sempre embriagada pelas ruas, e totalmente apagada pelo alcool se vê envolvida na morte de Megan, o que é um mistério, para Anna, o namorado Scott, o terapeuta e a polícia. Há uma morte no final, e toda a luta de Rachel é para desmascarar toda intrínseca história.

O que achei

A adaptação para os cinemas é um pouco distinta em algumas cenas do livro, porém não deixou a desejar em nenhum momento. Achei o filme super impactante, daqueles suspenses que a gente não desgruda os olhos da tela por um segundo. Como é uma obra bastante distinta de qualquer serial thriller que você já tenha visto (minha opinião) e muito bem conduzida pela autora, teve vezes em que demorei um pouco para entender o enredo, mas mesmo assim o achei fascinante e imprenscindível  leitura para quem gosta do estilo suspense e de uma obra bem elaborada.

A princípio, achei que a leitura seria diferente, que não teria cada capítulo para cada personagem, por isso às vezes pode parecer confuso, numa trama tão bem amarrada como fez Paula Hawkins, e você não imagina no que pode acontecer no desfecho. É um thriler extremamente inacreditável, estarrecedor, moralista e psicológico, que faz você se sentir mergulhado e envolvido em toda a história.

Nesta história, dessa vez o trem que é o protagonista.

Imagem relacionada

Megan e Scott.

 

                                                                              Trailer

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s